sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Só Calculando: canal de vídeo do prof. Diuliano sobre Física, Matemática e Cálculo




O vídeo acima é uma apresentação do SÓ CALCULANDO, canal de vídeos no YouTube do professor Diuliano Vieira da Silva, educador de Varginha, Minas Gerais Brasil, um espaço virtual que trata de Física, Matemática e Cálculo e que descobri via Facebook.
Segundo apresentação do próprio canal, feito por seu editor: "O intuito é sempre buscar formas mais simplificadas para o melhor entendimento, além de soluções de exercícios e dicas".
Seguem algumas dicas de aprendizagem do prof. Diuliano: "-Calcular não é inteligência, mas sim treino; -Todos podem aprender; -Somente ver resolução, ver videoaulas e ler não é estudar; -Estudar é buscar entender e PRATICAR, vendo acontecer os cálculos em "suas mãos"; -Seu maior professor sempre poderá ser você mesmo; -Dias ou meses sem prática já leva ao esquecimento e falta de treino; -Disciplina e perseverança são a base de todo o aprendizado".



Recomendo também visita ao site do referido professor, conforme link abaixo:

SÓ CALCULANDO: Resolvendo problemas, gerando resultados! (SITE)

SÓ CALCULANDO - CANAL DO YOUTUBE

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Aprendizagem Invisível e a Pedagogia do Exemplo (uma breve reflexão), no EducAção 3D+




O vídeo acima, Aprendizagem Invisível e a Pedagogia do Exemplo (uma breve reflexão) faz parte de uma série de vídeos sobre arte cultura e tecnologia no ambiente escolar, publicados pelo professor, escritor e poeta José Roig em sua canal do YouTube, intitulado EducAção 3D+. Roig é também editor do blog educacional Educa Tube Brasil.
No vídeo em questão, o tema é a Aprendizagem Invisível que ocorre fora da escola e que nem sempre é levada em consideração e sobre a Pedagogia do Exemplo que une pais e filhos, professores e alunos.
INSCREVAM-SE no canal, link abaixo, curtam e compartilhem o material e ativem a notificação de atualização. Grato a todos!

EDUCAÇÃO 3D+: ARTE, CULTURA E TECNOLOGIA NO AMBIENTE ESCOLAR

domingo, 14 de outubro de 2018

Contos Infantis Ilustrados: lições Edificantes e Motivadoras escritas segundo o nível de compreensão das crianças




A imagem acima, CONTOS INFANTIS ILUSTRADOS, descobri no Twitter do portal Conecta Educacional, e trata-se de "Historinhas com lições Edificantes e Motivadoras que foram escritas segundo o nível de compreensão das crianças", adequadas para todas as faixas etárias.
Os referidos contos estão disponíveis no link abaixo, do Site de Dicas:

CONTOS INFANTIS ILUSTRADOS

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

#CinEducação: filmes e cenas em que professores e alunos são protagonistas, e reflexão sobre metodologias e pedagogias reais e imaginárias, no EducAção 3D+




O vídeo acima #CinEducação: filmes e cenas em que professores e alunos são protagonistas, um vídeo que José Roig, editor do blog Educa Tube Brasil fez para seu canal de vídeo no YouTube chamado EducAção 3D+, que trata de Arte Cultura e Tecnologia no ambiente escolar, divulgando projetos e atividades educacionais.
No vídeo em questão, há a indicação do marcador, aqui no Educa Tube Brasil, intitulado #CinEducação, que destaca diversos filmes, fictícios ou inspirados na realidade, em que professores e alunos são os protagonistas dos longas-metragens.
Nestes filmes, alguns deles na íntegra neste blog, há também postagens com proposta de uso pedagógico e reflexão sobre as metodológicas que cada professor, real ou imaginário, usa com seus alunos.
O cinema como um grande aliado da educação.
Visitem o canal, INSCREVAM-SE lá, ativem as notificações e compartilhem os vídeos em suas redes sociais digitais educacionais.

Singularidade e Simplicidade: aluno do 5º ano de escola pública cria exoesqueleto com material reciclado




O vídeo acima, Singularidade, descobri no Facebook e trata-se de uma ideia criativa, original e incrível do aluno Roger que é um menino do quinto ano de escola pública do município de Glorinha, no Rio Grande do Sul, Brasil, que construiu para a Mostra Pedagógica da escola um exoesqueleto totalmente feito com material reciclável (papelão, seringas, isopor etc).
Um exemplo fantástico de como a tecnologia pode se integrar ao cotidiano escolar, sem precisar de grandes recursos financeiros e humanos, basta ter criatividade, orientação, dedicação e oportunidade para experimentações. Como este blog sempre destaca: são projetos em que a simplicidade vigora que permitem a continuidade de ações individuais e coletivas.
Reciclar materiais e ideias, incentivar a pesquisa e a criatividade no ambiente escolar é também trabalhar em prol de um meio ambiente mais sadio, justo e humano.
Vejam abaixo, vídeo reportagem sobre os avanços tecnológicos incorporados à medicina (como robótica, engenharia da computação e inteligência artificial), sobre "Exoesqueleto criado por engenheiros [que] faz pessoa com deficiência voltar a andar"



Lembro-me que em 1991, quando adquiri meu primeiro videocassete (hoje uma peça de museu) e loquei meus primeiros vídeos em VHS (outra peça de museu), um deles era Isto é Pelé, sobre a vida do atleta do século e outro, o filme canadense Exo Ma: O Homem de Aço [1977, disponível completo no YouTube], uma ficção científica que contava a história de um cientista que fica tetraplégico e que usa um exoesqueleto para combater o crime, uma produção mais modesta, semelhante a megaprodução Robocop. O filme, segundo apresentação no YouTube, o filme seria "baseado na história do Invencível Homem de Ferro, sendo divulgado na época que o filme seria um piloto para série do Homem de Ferro". Naquele 1991, quando assisti o filme, o exoesqueleto ainda estava mais para ficção científica do que para realidade:



Abaixo, os 10 Exoesqueletos mais avançados do mundo, que encontrei no YouTube:



segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Reflexão sobre Arte e Cultura, Tempo e Espaço na Educação: Porque São As Crianças Menos Criativas Na Escola Que No Jardim Infância?




O vídeo acima Porque São As Crianças Menos Criativas Na Escola Que No Jardim Infância?, encontrei ao ler o Paper.li do colega e amigo José Carlos Antonio, educador de Santa Bárbara do Sul, São Paulo, Brasil.
O vídeo em questão, compartilhado com fins educativo, promove uma grande reflexão sobre a questão da educação no tempo e espaço escolares, a partir da análise da criatividade que é bem mais evidenciada na Educação Infantil (antigo Jardim de Infância) e que posteriormente, quando as crianças deixam de trabalhar coletivamente e passam a ser cobradas de forma individual, a própria criatividade se dispersa e, em alguns casos, quase desaparece.
Realmente, com o passar do tempo e as mudanças de espaços escolares, e da cobrança dos pais pelo conteudismo visando vestibular, concursos, trabalho etc, promove um distanciamento do alunado de questão universais como a arte e a cultura.
Já dizia Alfred Mercier: "Tudo o que aprendemos com prazer nós nunca esquecemos". Já Sir Kenneth Robinson destaca que: "Muitas pessoas altamente talentosas, brilhantes e criativas pensam que não o são, porque a coisa em que eram boas na escola não era valorizada, ou era na realidade estigmatizada" e que "Todas as crianças têm talentos tremendos e nós esbanjamo-nos impiedosamente".
Por fim, cabe lembrar a máxima de Alvin Toffler: "Os iletrados do século XXI serão não aqueles que não conseguem ler e escrever, mas aqueles que não conseguem aprender, desaprender e reaprender" e a de Alistar Smith: "Em tempos de mudança, os aprendizes serão aqueles que herdarão o mundo, enquanto que os conhecedores estarão lindamente preparados para um mundo que já não existe".

sábado, 6 de outubro de 2018

Google Earth na Educação Inter e Multidiciplinar, no canal EducAção 3D+




O vídeo acima Google Earth na Educação Inter e Multidiciplinar, trata-se de mais um vídeo sobre projetos do educador José Roig, em seu canal do YouTube EducAção 3D+ usando a arte, a cultura e a tecnologia no ambiente escolar. br /> Visitem o canal, através do link abaixo, inscrevam-se lá, ativem as notificações e compartilhem o conteúdo em sua rede social.

EducAção 3D+

sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Perceptual Art: as esculturas anamórficas de Michael Murphy entre a ilusão de ótica e a percepção do mundo em escala




O vídeo acima Les sculptures anamorphiques de l'artiste Michael Murphy, foi indicação que recebi pelo Facebook do colega e amigo Fernando Luis músico e poeta de Rio Grande (RS) Brasil.
Trata-se das esculturas anamórficas do artista Michael Murphy, que trabalha com ilusão de ótica e ideias e conceitos. Anamórfico vem da palavra de origem grega (an + morphé) que significa sem forma ou deformado e está vinculado ao Cinema e a técnica do Cinemascope.
Murphy é pioneiro no movimento artístico, chamado Perceptual Art, que traz a questão da arte anamórfica, distorcida para a escultura, que ao ser enquadrada na devida perspectiva, forma algo realista. São engenhosas esculturas que trabalham com o simbolismo, entre os diversos planos de objetos, como a imagem abaixo, do mapa dos EUA, formado por diversas armas: uma escultura que provoca ampla reflexão, e que me lembra o fractal do pintor Jackson Polock, em que o todo está contido na parte, pois o fractal é "estrutura geométrica complexa cujas propriedades, em geral, repetem-se em qualquer escala".



Exercitar o olhar, para ver além do lugar-comum, da mesmice, é algo que a arte, melhor que ninguém, faz. Trabalhar com pintura, escultura, literatura e qualquer outra expressão artística e cultural no ambiente escolar é dialogar com a realidade local e a universal.

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

RPG Literário (Jogos Poéticos Virtuais): escrita colaborativa e interativa via blog, no canal EducAção 3D+




O vídeo acima RPG Literário (Jogos Poéticos Virtuais), trata-se de depoimento do professor, escritor e poeta José Roig, editor do blog Educa Tube Brasil, sobre projeto de escrita colaborativa e interativa, online e em tempo real, via blog.
O blog JOGOS POÉTICOS VIRTUAIS era formado por José Roig, Andréia Pires, Suellen Rubira, Ana Cristina Matias, Leandro Kerr, como escritores digitais e Jowber Cunha, como ilustrador. Criado em junho de 2008, tendo como suporte o blog fechado Literatura em teia para discutir entre os integrantes as estratégias narrativas do RPG Literário.
Para saber mais, visitem o link abaixo:

RPG Literário (Role Poetic Games)

sábado, 29 de setembro de 2018

Automania: humorada curta-metragem de animação sobre a dependência do automóvel


Automania, Robert Awad, provided by the National Film Board of Canada



O vídeo acima Automania, foi indicação via Facebook do colega e amigo Jarbas Novelino Barato, educador de São Paulo (SP), Brasil e trata-se de criativo curta-metragem de animação canadense, com direção de Robert Awad, mesclando algumas técnicas, para fazer refletir sobre o comodismo e a mania de alguns pelo automóvel, utilizando-o mesmo para se deslocar para locais próximos. Essa dependência não é apenas do automóvel, mas dos meios eletrônicos: smartphone, internet, jogos etc. Muitas vezes perdemos mais tempo, tentando utilizar essas "máquinas" do que tentando resolver os problemas de uma forma criativa e mais simples. Muitas das vezes fazemos com datashow o que poderia ser feito de uma outra forma, mais prática e por ai vai. A dependência tecnológica tem feito muitos delegarem à memória digital dados que antes eram armazenados na memória biológica. A mania da automação é algo que deve promover uma autocrítica em usuários.
Um vídeo para refletirmos sobre nossos hábitos na sociedade.

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Clipes que parecem Curtas - Projeto unindo mídias, literatura, música e sociedade, no canal EducAção 3D+




O vídeo acima Clipes que parecem Curtas é mais um audiovisual produzido pelo editor do Educa Tube Brasil para seu novo desafio digital: o canal no YouTube EDUCAÇÃO 3D+, que reúne reflexões e experimentações sobre Arte, Cultura e Tecnologia no ambiente escolar a partir do fazer pedagógico e tecnológico de José Roig.
O Projeto Clipes que parecem Curtas foi iniciativa de unir mídias, literatura, música, tecnologia e sociedade, e no vídeo em questão, José Roig comenta um pouco dessa experimentação.
Visitem o canal, inscrevam-se lá, curtam o material, ativem as notificações para receberem as atualizações e compartilhem os links em suas redes sociais digitais.
Grato a todos que têm divulgado mais essa iniciativa!

domingo, 23 de setembro de 2018

O que ler para se tornar escritor, por Rodrigo Gurgel (leitura e produção textual)




O vídeo acima O que ler para se tornar escritor, descobri nos vídeos correlatos do YouTube e é um interessante material para refletir sobre leitura e escrita no ambiente escolar, pois as indicações que Rodrigo Gurgel disponibiliza são precisas e relevantes, como ler, antes de tudo, os bons escritores, ler os clássicos, para ficar no que ele denomina de "olho do furacão", pois a literatura clássica e os grandes escritores são mais que tudo bons provocadores de ideias. Gurgel diz ainda: "(...) leiam pra aprender e não apenas pra passar o tempo".
A parte em que explica "Para que servem as gramáticas e os tratados de versificação?", é extremamente didática e um pequeno manual para valorizar a leitura como ponte para a boa escrita.
Por fim, Gurgel fecha com chave de ouro esteve pequeno vídeo, mas de grande importância, ao citar o escritor Saul Bellow:"O grande romance é um espécie de abrigo temporário, é uma choupana onde o espírito busca proteção". De fato a grande narrativa - e não apenas a narrativa de longa extensão - é aquela que nos serve de abrigo de proteção, estimula a reflexão sobre o particular e o universal, o mundano e o atemporal.

sábado, 22 de setembro de 2018

RPG Literário (Jogos Poéticos Virtuais): escrita colaborativa e interativa via blog, no canal EducAção 3D




O vídeo acima RPG Literário (Jogos Poéticos Virtuais), trata-se de projeto de escrita colaborativa e interativa via blog, que o editor do blog Educa Tube Brasil, o professor, escritor e poeta José Roig criou em parceria com jogos escritores digitais da cidade do Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brasil, durante o ano de 2008 e que serviu como inspiração para algumas escolas brasileiras replicarem essa metodologia entre professores e alunos.
No vídeo em questão, no canal EducAção 3D, outra iniciativa digital de José Roig [de reunir num espaço virtual pequenos vídeos sobre suas reflexões e experimentações envolvendo arte, cultura e tecnologia no ambiente escolar], seu autor conta um pouco dessa experiência de trabalhar com literatura e mídias e redes sociais, em uma atividade online, em tempo real, de escrita criativa, colaborativa e interativa, com jovens escritores, nesse Jogos Poéticos Virtuais.
O Educa Tube recomenda o canal EducAção 3D a educadores digitais, blogueiros, tuiteiros e youtubers educacionais. basta se inscreverem no canal, ativar o sininho de notificações e divulgar essa iniciativa em sua redes social digital ou não.

Ballet Rotoscope e a Dança com algoritmos, de Masahiko Sato (a arte em toda parte)




O vídeo acima Ballet Rotoscope, descobri via Twitter de Vanize Lemos, jornalista, repórter e fotógrafa de Teresina, Piauí, Brasil.
Trata-se do fantástico balé do artista japonês Masahiko Sato e do grupo Euphrates, e, segundo Vanize, "os movimentos do ballet são traçados por geometrias geradas por algoritmos, através da rotoscopia, para revelar a beleza geométrica da dança".
Noutro dia, estava conversando com meus alunos do 2º ano do ensino médio, na disciplina de "PDI - Profissões digitais inovadoras", que criei na escola onde atuo, e falávamos justamente da linguagem dos algoritmos: os da natureza e os digitais. Um dos alunos comentou sobre a proporção áurea. Assistimos alguns vídeos sobre o tema e refletimos sobre arte, cultura ciência e tecnologia na educação e na sociedade.
E eis que, dias depois, descubro esse vídeo incrível sobre a dança dos algoritmos nesse balé, chamado Rotoscope, produzido pelo artista japonês Masahiko Sato e o grupo Euphrates e que, segundo minha amiga Vanize Lemos, "os movimentos do ballet são traçados por geometrias geradas por algoritmos, através da rotoscopia, para revelar a beleza geométrica da dança".
Simplesmente mágico, divino, criativo e tecnologicamente impressionante.
A arte está em toda parte e este material comprova minha alegação, seja em sala de aula ou no cotidiano.

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Evan: Criativa a avassaladora propaganda sobre a escola, a sociedade e certos sinais, com um final surpreendente




O vídeo acima EVAN, descobri no Twitter e se trata de uma propaganda genial e avassaladora em seu final. Como certo filme, anos atrás, The Crying Game (Traídos pelo Desejo, 1992), do gênero suspense, escrito e dirigido por Neil, conseguiu que todos que o assistiram no cinema ou em vídeo guardassem o segredo sobre o final, pra causar o mesmo impacto e surpresa no público em geral. Por isso mesmo que evitarei aqui de fazer "spoiler" também; apenas dizendo que é um rico material para uma profunda reflexão escolar e social, entre pais e filhos, professores e alunos; e quem assistir o vídeo saberá do que estou tratando.
Os sinais estão ai, mas nem sempre conseguimos perceber em tempo.
Um vídeo, uma propaganda que é um curta-metragem que poderá ser utilizado com alunos do ensino médio em uma oficina de produção textual, de exercício de redação, de resenha, etc. Enfim, serve a diversas possibilidades de leitura de imagens e de mundo.
Nos comentários desta postagem poderemos aprofundar o debate.

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

A terceira margem do rio: criativo curta-metragem escolar inspirado no conto de Guimarães Rosa




O vídeo acima, A terceira margem do rio, descobri no YouTube e é uma criativa e interessante adaptação do conto homônimo de João Guimarães Rosa, adaptado para a linguagem de curta-metragem, feito por alunos de escola que não pude identificar.
O vídeo que tem participação de Gabrielly Victorino, conta com a música A Terceira Margem do Rio, de Milton Nascimento e Caetano Veloso, cuja intérprete é Victória Bertoldo. O professor orientador deste trabalho audiovisual, conforme indicação de Gabrielly, chama-se Renato. Um vídeo escolar que une as linguagens cinematográfica e literária, o conto e o curta-metragem.
A terceira margem do rio é um dos contos mais belos da literatura brasileira, pois trata de uma viagem pela memória que é a terceira margem do rio da imaginação. Um ótimo material para trabalhar a questão audiovisual no ambiente escolar, não é apenas reproduzir material de terceiro, mas adentrar a essa "terceira margem do rio" da Educação que é a produção de sentidos, de novos olhares e de curtas, contos, vídeos diversos com alunos e orientação do professor. Adaptar um conto, uma música, um causo, uma lenda etc., poderá proporcionar momentos de trocas de saberes entre professores e alunos.
Segue abaixo a interpretação de A terceira margem do rio feita por José Miguel Wisnik, que é conhecido e reconhecido músico, compositor e ensaísta brasileiro. É também professor de Literatura Brasileira na Universidade de São Paulo: