sexta-feira, 9 de março de 2012

O ritual de passagem e a metáfora da educação


Ride Of Passage from The Animation Workshop on Vimeo.

A divertida animação acima, chamada Ritual de passagem, foi indicação da amiga Rosa Barros, psicoterapeuta holística do Rio de Janeiro - RJ - Brasil, editora do blog Refletindo. Curiosamente, ao assistir esse pequeno vídeo tive uma profunda reflexão sobre o papel do educador (seja pai ou professor) nesses ritos de passagem do aluno/filho, desde o rito de passagem inicial da casa para escola e desta para o mundo do trabalho. Dos ritos dentro da escola, de um ano para o outro, de uma turma para outra, de um professor para outro, de uma disciplina para outra... De como o professor precisa ser de certa forma um camaleão neste processo. A história é simples: Um menino de uma tribo precisa adentrar a floresta, munido apenas de lança, precisa caçar um animal selvagem para mostrar sua valentia e provar sua maturidade. O menino entra e logo se depara com um enorme lagarto. Logo percebe tratar-se de imenso e dócil camaleão, que lhe dá carona às costas para conhecerem juntamente com um sapinho aquele novo mundo. Diversas descobertas são feitas pelo trio, até que caem numa armadilha... E ai o dilema do menino, que sai por um espaço da rede e tem nas mãos uma pedra afiada: deixar o seu amigo preso à rede para mostrar sua coragem a tribo ou soltá-lo? Antes do final, que deixo para os visitantes e seguidores do Educa Tube assistirem por sua própria conta, eu contarei a história que li nas entrelinhas, com um olhar de educador mais do que tudo... Vi um menino saindo de casa e fazendo seu primeiro contato com um ser estranho, o professor, que às vezes pode ser ou parecer uma fera ou um dócil lagarto aos olhos imaginantes do aluno. Este educador precisa ser de fato um camaleão para passar seu conteúdo, seja se adaptando a cada turma, e mudando literalmente de cor, dependendo do contéudo e ano a serem vistos, seja transformando-se - como um camaleão - em diversos papéis sociais (psicólogo, assistente social, enfermeiro, pai substituto etc etc etc, coisa rara de NÃO aocntecer numa escola pública, habituada e habitada por diversos camaleões.) Na convivência na floresta o menino e o camaleão aprenderam um com o outro, e quando preciso, um ajuda ao outro. Eis o futuro da educação: a colaboração! Uma bela animação de Christian Rovinc-Andersen, que meu olhar de educador capturou uma outra história para usar nas formações de professores sobre o uso das tecnologias no espaço escolar e da convivência em comunidade.
Apresentação do vídeo no portal Vimeo:
Bachelor film project 2012 from The Animation Workshop.

animwork.dk/en/
facebook.com/#!/pages/The-Animation-Workshop-Official-Page/1045254...

Story
Toki's tribe expects him to bring home the head of the biggest animal possible. In return, he will receive honor and respect. However, this rite of passage does not turn out as planned. With the help of a colorful new friend, he achieves something much bigger.

By: Christian Bøving-Andersen, Casper Michelsen, Eva Lee Wallberg, Tina Lykke Thorn, Søren B. Nørbæk, Allan Lønskov, Jakob Kousholt, David F. Otzen

rideofpassagefilm.blogspot.com/

2 comentários:

  1. Lindo, doce... Como uma "camaleoa", acredito que o nosso maior troféu é ver o crescimento dos nossos alunos!
    Esse vídeo é simplesmente... Lindo!

    ResponderExcluir
  2. Sim, pra refletir sobre nosos papel como camaleões educacionais, né mesmo, amiga? abrs, :-))

    ResponderExcluir