terça-feira, 20 de março de 2018

5 canais de youtubers surdos que falam de tudo um pouco e ensinam Libras pela internet




A imagem acima, encontrei no portal HuffPost Brasil e trata-se de matéria sobre A geração de youtubers surdos que está ensinando Libras na internet , ou seja, 5 canais de vídeos, criados por jovens surdos para ir além de apenas ensinar sua língua de sinais, muito mais, para que possamos refletir justamente sobre inclusão tecnológica, educacional e social.
Segundo dados, no Brasil existem cerca de 10 milhões de pessoas que não escutam ou escutam parcialmente.
Tainá Borges, 16 anos, jovem de Caxias do Sul (RS) é surda e junto com o seu irmão Andrei Borges, também surdo, comandam o canal Visurdo do Youtube:



De acordo com entrevista de Tainá ao HuffPost Brasil: "Não tem muitos intérpretes de Libras na televisão ou em outros lugares, como escolas, palestras e eventos. E a gente não tem muitas escolas bilíngües que são boas para os surdos. Se você buscar na internet ou até em livros, você encontra ótimos conteúdos sobre Libras. Mas falta um lugar para a gente poder compartilhar o nosso dia a dia e os nossos interesses, que são os mesmo que os dos ouvintes. O principal objetivo do canal é esse, mostrar para os ouvintes que eles precisam reconhecer a nossa língua". A jovem youtuber comenta ainda que "Antes, nós nos sentíamos excluídos pelos ouvintes, mas agora não mais, estamos convivendo muito mais com eles, aprendendo o português e ensinando Libras".
Conforme a matéria do HuffPost: "Com a ajuda dos familiares, a dupla grava e edita os vídeos em casa. Os temas são variados e vão desde informações sobre como lidar com o preconceito, até as curiosidades da família, já que os pais de Tainá e Andrei são ouvintes e tiveram que estudar a língua dos sinais para se comunicar com os dois filhos".
Há também o canal SurdoCult, de Germano Dutra Jr, que "dedica o seu canal para fazer comentários sobre filmes, séries e personagens da cultura nerd. Ele também dá espaço para as narrativas de novelas e histórias em quadrinhos".



Outro canal interessante chama-se É Libras, de Flávia Lima e Bruno tratam de temas relacionados a comportamento e relacionamentos para a comunidade surda:



Outro canal de vídeos é o de Léo Viturino, um jovem bem humorado "que fala de temas diversos, desde curiosidades sobre o mundo dos surdos até questões LGBTs [...], que "apoia a campanha da comunidade surda #YoutuberPõeLegenda para incentivar que outros produtores de conteúdo se preocupem com quem não consegue ouvir, mas apenas ler os vídeos".



Por fim, o quinto canal ISFlocos, de Gabriel Isaac que fala de tudo um pouco, Enem, Dia dos Surdos e muito mais.



2 comentários:

  1. Este material vai animar ainda mais as minhas aulas de Educação Especial.

    ResponderExcluir