sexta-feira, 10 de maio de 2013

Para ser mãe não existem fórmulas: As famílias mudam. O Amor, não.



O vídeo acima, Dia das Mães: Para ser mãe não existem fórmulas, como o próprio título indica, trata-se de material de propaganda de perfumaria, mas que é muito interessante para valorizar aquela pessoa, que todos tem, que é sinônimo de vida, de afeto, carinho, esperança;
Como consta na apresentação do referido vídeo no You Tube: "Cada relação entre mãe e filho tem uma história, um percurso diferente. Conheça as histórias e descobertas de Maria Luiza, Tamires, Fernanda e Bruna e como cada uma vive essa experiência intensa, imprevisível e transformadora que é a maternidade".
Lembro-me de monumento em praça aqui de Rio Grande, com a imagem de uma mãe abraçada ao seu bebê (semelhantes e Pietá, piedade, escultura de Michelangelo), e uma placa abaixo dizendo que "Mãe é três vezes santa: na dor, no amor e na renúncia".
De fato: mãe sente dor quando do nascimento do filho e quando este, enfim, na adolescência vai cortando outros cordões umbilicais; o amor é fato incontestável, e a renúncia, a indicação da verdadeira mãe. Aquela que renuncia as coisas para si, para poder dar uma vida melhor aos filhos, que re nuncia ao tempo que poderia estar fazendo outras coisas para cuidar daquele filho, o tempo de espera, quando este começa a sair com os amigos e namoradas, ou quando adoece e passa a ser mãe-médica-enfermeira.
E para valorizar este sentimento de mãe e de mundo, indico também outra propaganda da mesma empresa, com o mesmo tema, chamada Dia das Mães: As famílias mudam. O amor não, logo abaixo, que trata desta imensa disponibilidade interna, terna e materna de nos abrigar antes, durante e depois do nascimento, que só uma boa mãe pode conter:



Conforme apresentação do vídeo acima, no You Tube: "Tamires deseja ser para sua filha, Karina, o mesmo porto seguro que sua mãe adotiva foi para ela. Bruna, madrasta de Carmem, descobriu que amor de mãe pode surgir de muitas formas diferentes. Nas duas histórias, a certeza de que famílias nascem e renascem e que, mesmo com formatos diferentes, toda relação merece ser celebrada".

Amor de mãe é algo único, e cada vez mais a mãe arca com as responsabilidades do mundo moderno, de ser multifuncional bem antes de equipamentos com estas funções terem sido inventadas, pois a mãe do século XXI trabalha fora, cuida dos filhos, da casa, do marido, quando tem, e se não tem acaba sendo mãe e pai, se desdobrando em mil e uma atividades, e dando conta de todas com força e delicadeza. Mãe fica braba, mas por que deseja o melhor para o filho, cobra, reclama, embrabece, mas sempre pensando no melhor. Mãe é mesmo porto seguro, primeiro abrigo que todo ser humano tem, e na dor e não há maior satisfação de ver a alegria e a felicidade estampada no rosto de uma mãe. Na dor ou no amor, ela está sempre perto de nós, mesmo quando não vive ou convive diariamente conosco. Mãe é a primeira educadora que toda criança tem, e com esta consciência que o Educa Tube deseja antecipadamente um Feliz Dia das Mães, todos os 365 dias de todos os anos.
Como diz slogan desta bela campanha publicitária: "Toda relação é um presente". E o maior presente que podemos ter na vida é uma relação duradoura e afetuosa com a nossa mãe, sempre.

Um comentário:

  1. Prezados,
    Até 9 de agosto de 2013, estudantes regularmente matriculados no 8º e 9º anos do ensino fundamental e demais séries do ensino médio, de escolas públicas e privadas de todo o Brasil, poderão se inscrever na 5ª Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB), uma iniciativa da Universidade Estadual de campinas (UNICAMP). Alunos do Ensino de Jovens e Adultos (EJA) também poderão participar. A primeira fase iniciará em 19 de agosto, Dia do Historiador. Acesse: www.olimpiadadehistoria.com.br

    ResponderExcluir