sexta-feira, 3 de agosto de 2012

O importante não são as respostas e sim as perguntas



O vídeo acima, comercial sobre cereal que assisti primeiramente na TV e depois procurei no You Tube, trata-se de uma propaganda divertida, reflexiva, crítica, que nos faz pensar sobre resultados de pesquisas que se transformam a todo momento...
Para pensar também sobre aqueles que têm as respostas para tudo, quando as perguntas estão sempre mudando...
Uma coisa que não mudou neste tempo todo é o fato de que educação é um ato universal, que a leitura emancipa e que a troca de experiência amplia horizontes...
E acima de tudo, que cada um tem a sua própria verdade, mas o importante é encontrar mais de uma opinião sobre o mesmo tema, ainda mais quando se trata de pesquisa no mundo virtual, feita por alunos e orientada por educadores.
Pois tudo muda em fração de segundos em um mundo tão globalizado e calcado no imediatismo, inclusive da informação, que gera conhecimento mútuo.
No campo da tecnologia na educação mesmo, o importante é pensar a prática inovadora e não apenas os equipamentos, que logo são superados. Atualmente é o tablet o sonho de consumo, como anteriormente foi o notebook.
Logo surgirá outro equipamento de última geração para tornar obsoleto todos os demais, entretanto máquinas, por mais sofisticadas que sejam, precisarão sempre de seres humanos para manipulá-las com sentido educacional e social.
Maquinário sempre dependerá de um usuário e ai está a função do educador (seja pai ou professor), de dar um sentido educativo às ferramentas em nosso cotidiano.
Acho que foi uma propaganda do Canal Futura que dizia que o mais importante são as respostas e nem tanto as perguntas e que me influenciou no título desta postagem. :-))

3 comentários:

  1. Não seria o contrário professor! O que move o mundo são as perguntas e não as respostas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cometi um pequeno erro. Esqueci de ler com atenção o título da postagem! Desculpa!

      Excluir
    2. Oi, Dinilso, grato pela visita. Sim, as perguntas são mais importantes do que as respostas. Um abraço.

      Excluir