CRIADO (ABRIL/2009) PARA INDICAR VÍDEOS DE E PARA EDUCADORES, ALÉM DE SUGERIR DIVERSOS RECURSOS TECNOLÓGICOS COM FINS EDUCACIONAIS.
Imagens: 3 filmes indicados aos educadores: A Cor do Paraíso e Filhos do Paraíso, de Majid Majidi (Irã) e Cinema Paradiso, de Giuseppe Tornattore (Itália).

quarta-feira, 27 de março de 2013

Os monstros de minha casa - documentário sobre a violência contra a criança



O vídeo acima, Os monstros de minha casa, descobri via Twitter de Juan Manuel Corral Maldonado, de Málaga, Espanha, em seu blog Sociedad, educación y libertad, trata-se de documentário (legendado em espanhol) sobre a realidade incomoda, triste e impactante de crianças que sofrem maus tratos físicos e emocionais, abuso sexual e negligência por parte de pais e pessoas do e no âmbito familiar.
Mostra alguns sinais para perceber se a criança está sofrendo tais abusos, pois as crianças acreditam que os adultos sempre tem razão e que devem a eles obediência, mesmo quando não entendem o que está acontecendo. Uma monstruosidade aproveitar-se dessa fragilidade.
O documentário apresenta testemunhas e experiências de pessoas que sofreram tais abusos na infância e análise de psicólogos.
Monstros existem, sim. Não são como os filmes de terror, nem engraçados como os das animação Monstros S.A., mas tem em comum viverem numa Sociedade Anônima, silenciosa, quase invisível, até que a realidade vem à tona. A sociedade é anônima, quando percebe o que acontece com o vizinho e não se manifesta, não denuncia, se exime de responsabilidade... A omissão é tão severa como a ação...
Como bem fala o neurólogo Boris Cyrulnyk, um dos maiores especialistas em resiliência: "Quando se pensa em abandono, se fala da rua, mas ele ocorre dentro da casa também". Uma realidade desconhecida de muitos e que merece ser discutida na comunidade escolar, em defesa da dignidade humana e do direito de criança ser criança.
Documentário produzido em 2010, com duração de 59 minutos, dirigido por Marte Hierro e Alberto Jarabo e produzido por Quindrop, tem como protagonista Carmen Artero, uma mãe de acolhida de Mallorca, Espanha, que luta para criar uma fundação para defender os direitos da infância.
Mais informações, no site do documentário, link abaixo:

LOS MONSTRUOS DE MI CASA

Nenhum comentário:

Postar um comentário