sábado, 26 de janeiro de 2013

Momentos, de Nuno Rocha: a vida é curta e pode ser arte



O belíssimo vídeo acima, emocionante e comovedor, chamado Momentos, descobri via Facebook do colega e amigo Júlio Sosa, educador de Rio Grande, RS, Brasil e editor do Blog do Prof. Julio Sosa.
O curta-metragem com direção de Nuno Rocha cativa e emociona, pois promove diversas reflexões sobre educação, família e sociedade. Dos descaminhos que as pessoas podem tomar, seja pelas drogas, por algum distúrbio, "más" influências ou o que for. Mas acima de tudo pela segunda chance que se pode ter de recomeçar.
A história é simples, mas criativa e original: Uma noite, um morador de rua, dormindo em frente a uma loja, de repente é desperto por um carro e seus ocupantes trazem TV, vídeo e outras coisas. Não demora e a TV é ligada por controle remoto e começa a passar cenas que atraem outros dois moradores de rua, mas o filme que passa diante dos olhos deles são momentos únicos daquele primeiro, que ali estava, até então, dormindo.
Lembrei-me até dos versos da canção Monte Castelo, de Renato Russo: "Ainda que eu falasse/ A língua dos homens/ E falasse a língua dos anjos,/ Sem amor eu nada seria./ (...) Estou acordado e todos dormem,/ todos dormem, todos dormem.../ Agora vejo em parte,/ Mas então veremos face a face."
A vida passa como um filme e às vezes tomamos caminhos que nunca imaginamos... No caso do curta, a televisão funciona como um espelho social e uma pequena máquina do tempo, promovendo a redenção.
Um curta para pais e filhos ou responsáveis, professores e alunos assistirem juntos.
A música que encerra o vídeo é muito bonita e chama-se Back in the day (Voltar no dia), de Darren & Stephen Loveday, que reproduzo abaixo:



Aproveito também por causa do tema, Momentos, fazer link com outra postagem do Educa Tube, que justamente apresenta um videoclipe e um curta-metragem com mesmo nomes, logo a seguir:

A vida intertextual: "Moments", de Will Hoffman & Momento de Pedro Abrunhosa

A vida é feita de momentos, instantes que podem ser mágicos ou não...

Um comentário:

  1. Maravilhoso o vídeo. São os pedaços que vamos deixando pelos caminhos da vida , cada um em sua proporção, mas que é sempre tempo de reeditar uma nova história. Lindíssimo !!!

    ResponderExcluir